Mensagem do Comandante Edgard Armond aos Aprendizes do Evangelho:

“Caros Aprendizes do Evangelho, os grandes obreiros da seara do Mestre, seus amados Apóstolos, deixaram, como vimos acima, exaustivos escritos sobre a fé, a lei e as obras.

De tudo isso podemos concluir que o indivíduo que segue a lei dos homens é tido por bom cidadão, mas aquele que firmemente se atém às leis de Deus é Espírito puro, e, para tanto, deve imitar a Cristo, enviado do Pai para que o tome por modelo de conduta. O Espírito puro conquista essa condição por sua evolução, não estando mais debaixo das leis porque não precisa delas, lavradas que estão no seu íntimo e fazendo parte de si. O Espírito puro e aquele que, distanciado da matéria bruta, já não deve aos impulsos menos nobres do corpo, antes supera as paixões e adota o amor, a paz, a paciência, a benignidade, a bondade, a longanimidade, a mansidão, a fidelidade, a modéstia, a continência, a castidade, a caridade. Contra estas coisas, diz Paulo, não há lei.

Tais coisas são conquistadas mediante nossa transformação e reforma interior, através do trabalho, isto é, das boas obras, da fé, da prática constante das virtudes crísticas com autêntica humildade de coração e devotamento a Jesus, nosso Amado Mestre, porquanto, se a fé sem obras é morta, as obras sem fé não tem calor: falta-lhes o amor que vivifica.”

Deixe uma resposta

Busca Rápida